terça-feira, 18 de junho de 2013

LANÇAMENTO DA “REVISTA” OS ESCUDOS DA LUSITÂNIA #0


LANÇAMENTO DA “REVISTA” 
OS ESCUDOS DA LUSITÂNIA #0

Foi distribuído no Festival de Beja o #0 da revista Os Escudos da Lusitânia, depois de uma série de tempo a falar-se neste projecto. De seguida houve um remake da apresentação, na Tertúlia BD de Lisboa de dia 4 e... o lançamento oficial, a 8 de Junho, com a chancela Verbos&Letras – Edições Multimédia, Unipessoal Lda.

Bem... Escrevi um texto de crítica ao que vi nesta revista e... deitei-o fora. Há vinte anos atrás, escreveria – sem qualquer problema de consciência – uma crítica arrasadora a este projecto, mas hoje, mais comedido e sem me querer chatear muito, acabo por condescender com coisas que não têm pés nem cabeça.

Por isso deixo aqui, apenas os textos e as imagens da revista (os leitores que avaliem) que, de qualidade, só tem a capa do João Amaral. E reconhecer esta qualidade no desenho de João Amaral e, por extrapolação, na grande evolução qualitativa do seu trabalho, já quer dizer muito. Lembro que escrevi uma crítica ao primeiro livro dele A Voz dos Deuses, em 1996, publicada no jornal Sul Expresso, em que fui um bocado assassino – felizmente parece que ninguém ligou grande importância ao que escrevi, porque o João acabou por provar, na prática, que é preciso trabalhar muito para evoluir e ele conseguiu-o, está à vista no que tem produzido e aplaudo-o com prazer e amizade. Aos outros colaboradores na revista, penso que isto (o exemplo do João Amaral) chega para eles entenderem. Desculpem lá "qualquer coisinha"...
____________________________________________________________

A Verbos & Letras e o Grupo Entropia têm o prazer de vos apresentar Os Escudos da Lusitânia, a nova revista de Banda Desenhada Portuguesa e não só, centrada no universo de fantasia com o mesmo nome.

Uma iniciativa que pretende promover o gosto e os hábitos de leitura entre todos, de modo a trazer mais leitores à Banda Desenhada. Pretende também juntar à BD expressões tão diversas como a literatura, a ilustração e os jogos de Role Playing Game e Estratégia, de modo a envolver todos os aventureiros que vagueiam pela Lusitânia de hoje.

Os Escudos da Lusitânia é um conjunto de aventuras que vai deixar toda a gente a suplicar por mais. Esqueçam tudo o que possam ter aprendido nas aulas de História, pois esta não é a Lusitânia que todos pensam ter existido. Esta é a Lusitânia de um mundo em que magia e seres fantásticos são comuns. Situada na Ibérria, uma grande península do continente Eural, a Leukitânea (nome como os Lusos daquela altura designavam a sua terra) está à beira de uma guerra que poderá atingir dimensões gigantescas. Invadida por demónios e seus lacaios, à Leukitânea só restam os seus heróis. Homens, Elfos e Anões. Guerreiros destemidos, capazes de dar a vida para defender os seus povos.

Ficha Técnica

Título original: Os Escudos da Lusitânia: N° 0 - Junho 2013
Edição: Verbos & Letras, Lda
Parceiro: Grupo Entropia
Director: José Paiva Setúbal
Editores: João Figueiredo e Adelina Menaia
Ilustração da Capa: João Amaral
Logotipo: Ricardo Correia
Revisão: Luís Melo

Autores:
Adelina Menaia
Ana Saúde
Bruno Ma
Claudino Monteiro
João Amaral
João Figueiredo
João Raz
Paulo Marques
Ricardo Correia

Paginação: Ana Saúde e Adelina Menaia
Tiragem: 150 Exemplares

ISSN: 2182-9349
Depósito Legal: 359882/13

 A capa, de João Amaral - que não tem nada a ver com o interior da revista, como podem verificar abaixo...

João Amaral e João Raz, no Festival de Beja, penso que na apresentação desta revista, mas com um outro trabalho de Raz, Outros Mundos, Ilustrações de Fantasia no expositor (muito mais conseguido - mas de longe - do que a BD que apresenta n'Os Escudos da Lusitânia) ...

___________________________________________
 
Locations of visitors to this page